Loja virtual: 5 dicas para quem está começando

O mercado online está crescendo cada vez mais e, principalmente após o começo da pandemia mundial do novo coronavírus, a loja virtual tornou-se uma grande ferramenta para quem quer comprar e vender pela internet.

As imposições de restrição que a Covid-19 acarretaram fez com que aqueles que já compravam online aumentassem ainda mais o consumo por este canal, além de trazer para o mundo da internet muitas pessoas que não estavam acostumadas a comprar digitalmente.

De acordo com a Neotrust, empresa de monitoramento de e-commerces, apenas em 2021, houve crescimento de 27% nas vendas das lojas virtuais brasileiras, com faturamento superior a R$ 161 bilhões.

Os números são recorde para o setor, mas nós sabemos que, mesmo com o crescimento acelerado, nem tudo são flores para quem está começando a investir em um e-commerce.

Por isso, separamos 5 dicas para quem está iniciando sua loja virtual. Continue a leitura com a gente e descubra!

Dicas para quem está começando uma loja virtual

Contar com ajuda no início do seu negócio pode evitar muitos problemas futuros. Confira as dicas que separamos para você:

  1. Mantenha a página inicial da loja sempre atualizada

Pode ser que o ditado “a primeira impressão é a que fica” não se aplique a muitas coisas, mas ele com certeza pode ser aplicado em relação a uma loja virtual.

Nada mais chato que acessar uma loja e encontrar, logo de cara, uma vitrine vazia ou com poucos produtos, itens indisponíveis ou desatualizados.

Isso afasta os potenciais clientes e são grandes as chances de ele não voltar.

Então, esmere-se para apresentar uma página home atrativa, com seções bem definidas, produtos atualizados, lançamentos em destaque.

  1. Categorize seus produtos adequadamente

Para facilitar a vida dos seus consumidores, separe os produtos em categorias principais gerais e em subcategorias específicas.

Lembre-se de conferir se os itens estão nas categorias e subcategorias corretas.

Imagine um cliente acessar sua loja virtual buscando por um sapato masculino e, ao acessar a categoria de Sapatos Masculinos, deparar-se com um calçado infantil ou feminino?

  1. Utilize imagens e todos os produtos

As chances de uma pessoa não comprar um produto devido à falta de imagem nele é bastante alta.

Assim como em uma compra presencial, nas aquisições online, as pessoas querem ver o que estão comprando, preferencialmente em ângulos diferentes.

Invista em imagens e busque inserir ao menos três fotos por produto.

Se possível, você também pode colocar vídeos, eles agregam muito valor àquilo que você está vendendo.

Não se esqueça de que tanto imagens como vídeos precisam ser de qualidade e não devem ser pesados. Utilizar um otimizador de imagens que reduza o peso sem diminuir a qualidade é uma ótima opção.

  1. Faça testes de compra regulares

Não espere seus clientes entrarem em contato reclamando que estão com alguma dificuldade para comprar em sua loja virtual.

Antecipe-se e faça testes de compra regularmente para ter certeza de que tudo está funcionando adequadamente.

Caso note algum erro ou melhoria que possa ajudar os usuários a navegarem com mais intuitividade, entre em contato com a equipe de suporte da sua plataforma.

  1. Contrate uma agência especializada

As demandas para quem está começando uma loja virtual são muitas, como cadastro de produtos, separação de pedidos, envios, atendimento ao cliente, entre outras.

Por isso, deixar as ações estratégicas e de marketing com quem realmente entende do negócio é uma excelente ideia.

Desta forma você poderá se dedicar à atividade-fim do seu negócio e não precisará se preocupar com questões mais técnicas.

Isso sem falar em todos os benefícios que um bom planejamento e execução são capazes de trazer para o seu e-commerce.

Entre em contato com a gente e descubra o que podemos fazer pela sua empresa.

Postado em: 5 de maio de 2022

Categorias