SEO para e-commerce: melhores práticas para aumentar a visibilidade e o tráfego orgânico

A visibilidade é uma das principais chaves para o sucesso de qualquer loja virtual. E quando se trata de aumentar a visibilidade e o tráfego orgânico, o SEO para e-commerce detém um papel central.

De acordo com pesquisa da BrightEdge, cerca de 53,3% de todo o tráfego de um site vêm dos resultados orgânicos dos mecanismos de busca, enquanto 44,3% são provenientes de tráfego pago. Isso destaca a importância de otimizar seu e-commerce para os mecanismos de pesquisa, uma vez que a maioria dos usuários tende a clicar nos resultados orgânicos.

No entanto, muitos proprietários de lojas virtuais ainda lutam para entender e implementar as melhores práticas de SEO para e-commerce.

Então, neste artigo, vamos explorar algumas das melhores formas de impulsionar a visibilidade nos mecanismos de busca e aumentar o tráfego orgânico para seu site. Venha com a gente!

SEO para e-commerce: o que é?

O SEO (Search Engine Optimization) para e-commerce é um conjunto de estratégias e técnicas utilizadas para melhorar a visibilidade e a classificação de uma loja virtual nos resultados dos mecanismos de busca, como o Google, o Bing e o Yahoo.

Essas estratégias visam aumentar o tráfego orgânico do site, ou seja, o número de visitantes que chegam ate ele por meio de resultados de pesquisa não pagos.

Em resumo, o SEO para e-commerce envolve a otimização de conteúdo, estrutura do site, metadados e outros aspectos para torná-lo mais relevante e atraente para os mecanismos de busca, o que resulta em oportunidades de conversão para a loja virtual.

Melhores práticas para aumentar a visibilidade e o tráfego orgânico

Separamos algumas das melhores práticas para aumentar a visibilidade e o tráfego orgânico através do SEO para e-commerce. Confira a nossa lista!

Pesquisa de palavras-chave:
Realize uma pesquisa extensiva de palavras-chave relevantes para seu nicho de mercado e público-alvo. Para isso, você pode utilizar ferramentas como o Google Keyword Planner, SEMrush ou SE Ranking. Uma dica é identificar termos com alto volume de pesquisa e baixa concorrência.

Otimização de títulos e descrições de produtos:
Escreva títulos e descrições de produtos claros, concisos e otimizados para palavras-chave relevantes que você identificou. Inclua informações relevantes nas descrições, como características, benefícios, variações e palavras-chave, assim você torna seus produtos mais atrativos para os mecanismos de pesquisa.

Conteúdo de qualidade e relevância:
Crie conteúdo relevante e que agregue valor para seus clientes, incluindo as descrições detalhadas de produtos já mencionadas, guias de compra, postagens em blog e tutoriais de uso. Isso porque conteúdo de qualidade atrai visitantes, o que pode levar a mais conversões.

URLs amigáveis e estrutura de site otimizada:
Mantenha suas URLs curtas, descritivas e amigáveis para SEO. Ou seja, organize-as de forma lógica e intuitiva e mantenha uma estrutura de site otimizada, facilitando a navegação dos usuários e a indexação pelos mecanismos de busca.

Otimização de imagens:
Redimensione e otimize suas imagens para garantir tempos de carregamento rápidos. Além disso, use palavras-chave relevantes nos nomes de arquivo e tags ALT para melhorar a indexação e a visibilidade nos resultados de pesquisa de imagens.

Link building interno e externo:
Crie uma estratégia de link building robusta, tanto interna quanto externamente. Para isso, inclua links internos relevantes em suas páginas para melhorar a navegação e a indexação do site. Busque também por oportunidades de link building externo através de parcerias, guest posts e diretórios de negócios.

Mobile-friendly e design responsivo:
Certifique-se de que seu e-commerce seja totalmente responsivo e amigável para dispositivos móveis. Isso porque com o aumento do uso de smartphones para compras online, ter uma loja virtual que funcione perfeitamente em dispositivos móveis é essencial para melhorar a experiência do usuário e as classificações nos mecanismos de busca.

Velocidade de carregamento:
Otimize o desempenho da sua loja virtual para tempos de carregamento rápidos. Assim sendo, comprima imagens, faça uso de caching e busque uma hospedagem confiável. Sites rápidos não apenas melhoram a experiência do usuário, mas também são favorecidos pelos mecanismos de busca.

Monitoramento e análise de desempenho:
Utilize ferramentas de análise, como o Google Analytics e o Google Search Console, para monitorar o desempenho do seu site e as métricas de SEO para e-commerce. Assim sendo, acompanhe o tráfego, as conversões, as palavras-chave principais e outras métricas que julgar importantes para sua estratégia de SEO.

Atualização e manutenção contínua:
Mantenha seu site atualizado com as últimas práticas de SEO para e-commerce e acompanhe as mudanças nos algoritmos dos mecanismos de busca. Também faça ajustes regulares com base nas análises de desempenho e nas tendências do mercado para garantir que sua loja permaneça competitiva.

E conte com a Super Métrica! Somos especialistas em SEO para e-commerce. Clique aqui e fale agora mesmo com nosso time!

Postado em: 29 de fevereiro de 2024

Categorias